FUNDO ELEITORAL DE CAMPANHA = R$ 1,7 BILHÃO / APROVADO SEM VOTAÇÃO NOMINAL

       PLACAR FAVORÁVEL FOI APERTADO       
PARTIDOS E DEPUTADOS SE ESCONDERAM EM UMA VOTAÇÃO SIMBÓLICA, REJEITANDO VOTAÇÃO NOMINAL PARA NÃO SEREM IDENTIFICADOS COMO APROVADORES DO FUNDO QUE É REJEITADO PELOS BRASILEIROS. RODRIGO MAIA SE OMITIU EM DECIDIR PELA VOTAÇÃO NOMINAL. A TOQUE DE CAIXA, E COM ACORDOS JÁ COSTURADOS, MICHEL TEMER VAI VETAR O QUE O SENADO QUER QUE ELE VETE. É UMA REPÚBLICA DE "ACERTOS", CONCHAVOS E OPORTUNISMOS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário